A Taxibeat anuncia aporte no valor de R$ 10 milhões provenientes da última rodada de investimentos do aplicativo realizado por uma Venture Capital europeia. A primeira medida da empresa, após a confirmação do novo investimento foi não fazer mais qualquer tipo de cobrança aos taxistas para as corridas realizadas com o aplicativo, que antes pagavam uma taxa de R$ 2,00 por corrida realizada pelo app.

“O Brasil é o principal mercado da Taxibeat atualmente e esse investimento trará benefícios para todos os usuários, com grande impacto no mercado local”, afirma Nikos Drandakis, fundador da Taxibeat em recente visita ao país.

“O investimento chega em um momento importante, quando o mercado global de aplicativos de táxi se mostra cada vez mais sólido e a Taxibeat se destaca pela qualidade do seu produto e serviço” afirma o executivo Duffy Sardo, diretor da Taxibeat na América Latina.

A Taxibeat possui mais de 15 mil taxistas cadastrados no Brasil, o que representa aproximadamente 25% da frota do Rio de Janeiro e São Paulo. Com a gratuidade, a empresa espera aumentar a adesão de taxistas em 30% até o fim do ano.

“Essa é apenas a primeira das muitas novidades que a Taxibeat Brasil vai apresentar nos próximos meses. Esse aporte marca uma nova fase da empresa, e vamos usá-lo da melhor maneira possível para elevar ainda mais a qualidade do serviço oferecido pelo aplicativo, e no relacionamento entre taxistas e passageiros”, explica Sandro Barretto, gerente de marketing da Taxibeat Brasil.

A empresa também pretende ampliar o mercado global. No momento, a Taxibeat define a estratégia de expansão para outras capitais do Brasil, que vai acontecer já no primeiro semestre de 2014, além de mais duas grandes cidades da América Latina. O objetivo da Taxibeat é atuar nas cidades onde há deficiência no setor de transportes, dando prioridade para as capitais que serão sede da Copa em julho.

O diferencial do aplicativo é a qualidade do serviço oferecido. O Taxibeat foi pioneiro em possibilitar ao passageiro escolher os taxistas de acordo com suas preferencias. A iniciativa de avaliação coletiva dos taxistas contribui para qualificar o serviço nas grandes cidades. O app resgatou a confiança entre taxistas e passageiros, e segue educando os taxistas para a melhora de sua conduta com os passageiros.

Fundada há dois anos na Europa, a Taxibeat é uma empresa de tecnologia que atua em seis países: França, Noruega, Romênia, Grécia, Brasil e México. A principal missão do app é revolucionar a indústria de táxis e os serviços de transporte nas cidades em todo o globo.

No Brasil, o aplicativo está disponível no Rio e em São Paulo, e já ultrapassou a marca de 250 mil downloads. O Taxibeat é o que dá poder de escolha aos usuários por meio da avaliação coletiva dos taxistas cadastrados. O aplicativo possui mais de 20 mil taxistas cadastrados mundo afora e já ultrapassou a marca de 400 mil downloads nas cidades onde atua.

“A melhoria do serviço de táxi impacta na economia do país, no transporte das cidades e na qualidade de vida das pessoas. O estrangeiro que vem ao Brasil para os grandes eventos esportivos precisa encontrar um sistema eficaz de táxi nas cidades, além do próprio brasileiro”, afirma Nikos Drandakis.