Não adianta: todo mundo adora pechinchar. Na era do capitalismo, um desconto polpudo sempre cai muito bem, obrigada. A lógica se confirma com o app Baixou Agora que, às vésperas da Black Friday (que vai rolar no dia 29 de novembro no Brasil), já angariou 13 mil downloads em cerca de dois meses de existência.

O aplicativo roda em navegadores Chrome, Firefox, Safari e Internet Explorer, e ajuda a conferir os preços por meio de gráficos – em nota, a startup Baixou.com.br, que fornece a extensão, informa que já foram mais de 500 mil preços pesquisados.

“Ao integrar essa ferramenta ao navegador, o usuário será sempre lembrado de conferir e comparar preços em diversos varejistas do comércio eletrônico. A ideia é que as pessoas não precisem sair da loja para encontrar o melhor preço, ainda mais na Black Friday, quando existe uma variação grande de preços” explica Patrick Nogueira, CEO do Baixou.com.br, em comunicado.

Uma vez baixada a extensão, basta reiniciar o navegador para ativá-la. A busca aparece automaticamente no cabeçalho do browser quando você procura por algum artigo e produto na internet. É eficiente, já que demonstra preços mais baratos e coloca um gráfico sobre como o preço evoluiu, seja reduzindo ou aumentando. Fiz um teste rápido em dois navegadores – Firefox e Chrome. Funcionou muito bem no último, mas no primeiro, o aplicativo – mesmo com status ativo – não rodou.

No comunicado, o pessoal da Baixou Agora afirma que já confere preços de mais de 30 grandes e-commerces e são adicionados cerca de 2 novas lojas todo mês. Em 2014, o consumidor poderá conferir o preço de qualquer produto em todos os e-commerces do Brasil diretamente no navegador.