Eis que nessa vida de startups, nem todo mundo é sócio-proprietário, nem todas as recompensas são salariais.

Mesmo assim, existe um comparador salarial de várias áreas profissionais, abastecido por pesquisa espontânea e anônima via web e que apresenta os valores médios gratuitamente (há inclusive previsão de fornecerem gráficos e relatórios especiais).

Você responde a pesquisa salarial se quiser. Quanto mais gente responder, mais embasada torna-se a média. Os dados são apresentados por tipo de cargo, pelo tamanho da empresa e pelo tempo de experiência no cargo. Que tal dar uma olhada nos valores da área de Tecnologia?

Este post é indicação do Marcelo Chabes, que trabalha na Predicta e escreveu assim:

“Um amigo meu (que também trabalha na Predicta) criou uma pesquisa aberta sobre o salário médio. Ao invés da pesquisa salarial como conhecemos, onde os dados ficam em posse de uma empresa que vende isso depois para RHs de outras empresas, neste projeto, o objetivo é abrir de vez esses dados e manter a pesquisa atualizada ano a ano e de graça.

Afinal, no fundo no fundo, todo mundo tem como saber quanto uma pessoa do mesmo cargo/experiência recebe como salário. O problema é que, até hoje, para termos esses dados (importantes para a carreira de qualquer pessoa) numa escala maior, dependemos de alguém que tenha estrutura e verba para fazer isso. O salariomedio.net vem pra resolver este problema, de graça”.

Contatei o criador, Alexandre Ishida, para entender melhor sobre os rumos do SalarioMédio. Ele declarou:  “inicialmente tem como receita o lucro gerado com adsense. Mesmo sendo muito baixo, não deixa de ser receita. Mas, a partir do momento que a base de dados estiver grande suficiente, pretendo sim oferecer de alguma maneira relatórios premium”.